Resenha | Paraíso, de Deyse R. Nicoli - Cantinho da Leitura

Resenha | Paraíso, de Deyse R. Nicoli

27.4.14



Fica difícil ignorar um homem que mais parece o Wolverine !




Sinopse: Está é a história de uma mulher como muitas outras. Marcada por suas tragédias pessoais, cansada, sem expectativas ou sonhos, Débora deixa sua família e parte em busca de uma nova vida. Sua fuga a levará a um lugar distante de tudo o que ela conhecia. Uma grande fazenda, localizada na pequena cidade de Vila Paraíso. O lugar a surpreende de diversas maneiras. A paisagem é de tirar o fôlego, o novo trabalho é tudo o que ela precisava, e as pessoas, a extensão de sua própria família. Tudo parecia perfeito, mas Marcos, um dos donos da fazenda, vai macular a perfeição desse Paraíso. Ele fará de tudo para afastar Débora de sua fazenda, transformando a tranquilidade de sua nova vida numa sucessão de acontecimentos surpreendentes e angustiantes. Os dois irão travar uma batalha visando proteger suas feridas e esconder as cicatrizes que carregam dentro de si. Porém, um poderoso sentimento surgirá entre eles, fazendo-os abandonar seus princípios e questionar sua própria sanidade. Poderá esse sentimento apagar todas as cicatrizes que eles carregam?

Autor: Deyse R.Nicoli
Editora: Novo Século
Gênero: Romance
Ano: 2014


— Quando abri a embalagem para ver o livro que havia chegado, creio que foi paixão à primeira vista, já havia visto a capa em fotos na internet, mas pessoalmente foi mágico.. É linda, a ilustração é simples, o trabalho gráfico em geral é perfeito. Deyse mandou super bem com seu livro de estreia ..



Em “ Paraíso “ conhecemos Débora, uma jovem professora que decidi aceitar a proposta de trabalhar em uma pequena escola na fazenda  Boa Vista, do interior de Vila Paraíso.

Débora aceitou ser professora em um local tão distante para poder mudar de vida, reiniciá-la na verdade, seu passado ficou marcado por muitas cicatrizes, e pretende esquecê-las com esta nova vida. Tudo na fazendo Boa Vista é lindo, principalmente as paisagens, porém esse conceito muda após ela se esbarrar em um dos donos da fazenda, o Marcos, filho mais velho de Dona Carmen uma mulher maravilhosa e super hospitaleira.


— A família dona da fazenda " Boa Vista " é muito hospitaleira, e recebeu Débora como se ela fosse uma filha que estava de volta ao lar, a trataram super bem, a deixaram-a á vontade. Dona Carmen é uma mulher maravilhosa, eu a adorei, sempre tão gentil e carinhosa e por muitas vezes fiquei com vontade de abraça-la. Dona Carmen também é mãe de Max e Léo, dois rapazes super cavalheiros, e também me encantei com eles, principalmente com o Léo, pois Deyse fez ele tão meninão, brincalhão e carinhoso, não tem como não se encantar, e babar por ele e para ser sincera acho que me apaixonei.

Porém seu filho mais velho, Marcos é um ogro, mas fica de igual com seus irmãos se tratando a qualidades. Marcos teve um passado também marcado por dor e muito sofrimento, e sem deixar de dizer que tem muitas responsabilidades por ter que cuidar diretamente de tudo na fazenda, fica muito claro que ele tem um jeito diferente dos irmão, é mais reservado e calado, um pouco grosseiro, mas é muito dedicado nos trabalho da fazenda.

E é justamente ele que não tratará a Débora muito bem, eles de cara tiveram um primeiro encontro nada hospitaleiro, a situação fica pior a cada reencontro. Marcos e Débora se alfinetam o tempo todo e sempre piora a cada reencontro, e por essas razões Débora insisti em bater de frente e exige que ele lhe fale qual é o seu problema.

Mas, enquanto a verdade não é revelada conhecemos mais uma personagem, Eva a esposa de Léo e depois de Deyse me apresentar ela, devo confessar esse casal se tornou o meu favorito nesta história, eles são incríveis e fiquei com inveja por não conhecê-los pessoalmente, se fosse possível... Eva e Débora viram melhores amigos e em meio à tantas conversas ela acaba deixando escapar pequenas revelações do passado de Marcos, deixando Débora com  o coração mole e com isso decide que tentará ser mais amigável em sua presença.

O tempo passa e aproximação desses dois cabeças duras é perceptível e fica difícil não torcer por eles e também pela redenção de Marcos.



— Adorei os personagens, não são os típicos que logo notamos que são fictícios e que realmente veio da imaginação do escritor, são personagens reais, comuns de se encontrar no dia a dia, mas todos muito especiais  que não tem como não se encantar e decerto modo se sentir apaixonada por cada um. Posso contar nos dedos, dizer o nome, suas qualidades pois eles realmente me encataram. Sem deixar de falar que os personagens não são nada enjoativos, porquê quando vemos uma sinopse, uma estória em que um casal a primeira vista sente um sentimento indecifrável crescente surgindo, muitas vezes uma estória assim pode ser sim chata o que não é o caso do livro " Paraíso " . O enredo foi escrito divinamente, não encontrei nada fora do sentido, os fatos, os acontecimentos, cada cena que se formou em minha mente foi maravilhosa e seguiu em uma sequência correta.


Deyse, obrigado. Obrigado por aceitar fazer parceria com o meu blog, obrigado pela confiança, pela oportunidade. O livro " Paraíso " é maravilhoso, terminei de ler e fiquei com vontade de reler .. fiquei com um sentimento contraditório, feliz por ter me deliciado com cada palavra e triste ao notar que eu já estava chegando ás últimas páginas do livro .



Deyse R. Nicole é uma ótima escritora, posso dizer com sinceridade que virei fã e a acompanharei, torcendo pelo sucesso de suas obras sempre. Obrigado e Parabéns !

Você também pode gostar

2 (Comentários Desativados)

PARCEIROS 2016

PUBLICIDADE