Resenha | O lado bom da vida, de Matthew Quick - Cantinho da Leitura

Resenha | O lado bom da vida, de Matthew Quick

17.5.15


" ... As ações que fazem de você uma boa pessoa, não sua vontade. "


Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele 'lugar ruim', Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.


Editora: Intrínseca | Páginas: 256 | Ano: 2013



" O lado bom vida " foi um livro que eu relutei em ler, vi amigas lendo, meu melhor amigo sempre me falava da história até que um certo dia eu decidi assistir ao filme e nossa foi tão bom e lindo, até chorei .. Esse é o tipo de livro que devemos ler pelo menos uma vez na vida para entendermos as leis da vida.

Em O lado bom da vida conhecemos Pat um homem com problemas de personalidade que após sair de uma clinica de reabilitação promete a si mesmo que será um homem melhor, isso tudo para ter sua esposa Nikki de volta. Como ele passou um bom tempo nesta clinica perdeu um pouco a noção do tempo e não faz ideia da real situação que se encontra, ele negasse a pensar que nunca mais a verá novamente, isso tudo por está ideia fixa que deve reconquista-la, assim ele passa a querer entende-la ao deixar de lado a razão e praticar a gentileza. Além disso passa a malhar enlouquecidamente para ter a forma física que tinha quando eles haviam se casado e começa a ler os livros que ela lia. Assim entramos um mundo maravilhoso que só Matthew foi capaz de criar .

E para melhorar esse enredo, entra uma personagem chamada Tiffany que deixa tudo mais perfeito e divertido, tai dois personagens com problemas psicológicos que são super engraçados. 

Tiffany é viúva e é a única que consegue entender Pat, com isso eles viram amigos, bons amigos que estranhamente podem ser vistos como inimigos ou indiferentes a isso, tudo que gira em torno desses dois é engraçado até mesmo a amizade entre eles. Tiffany ajudará Pat a encontrar seu final feliz.

Esse é o tipo de livro que desejei por um milagre, eu quis desesperadamente que o final não chegasse, a cada nova pagina lida eu me encantava mais com seus personagens, sem dúvida é uma história muito engraça e e extremamente reflexiva. Eu adorei o Pat e a Tiffany, são personagens incríveis que faz com que pensemos muito sobre alguns pontos de nossas vidas. " O lado bom da vida " me mostrou que a vida nem sempre nos da um lado bom e que se existe, muitas vezes somos nós que o fazemos, o lado bom vem de cada um de nós com nossas escolhas. Em muitas vezes erramos e perdemos pessoas que amamos, as vezes não tem volta, temos que ser pessoas melhores, aprender com os erros e isso sem esperar que alguém nos retribua por isso. A vida não é fácil, viver não é nada fácil.



" O mundo encontrará várias e várias maneiras de te machucar, mas você vai encontrar uma pessoa que te traga tanta felicidade e que te ame tanto que as feridas do mundo não vão mais te atingir, porque ela te protege, ela te ama, e acima de tudo você ama ela. " 

Você também pode gostar

0 (Comentários Desativados)

PARCEIROS 2016

Fãs do Blog

Seguidores (2459) Próxima

PUBLICIDADE