Resenha | Mais do que isso, de Patrick Ness - Cantinho da Leitura

Resenha | Mais do que isso, de Patrick Ness

14.5.17


Um garoto se afoga, desesperado e sozinho em seus momentos finais. E morre. Então ele acorda. Nu, ferido e com muita sede, mas vivo.

Como pode ser? Que lugar é este, tão estranho e deserto? 

Enquanto se esforça para compreender a lógica de seu pior pesadelo, o garoto ousa ter esperança. Poderia isto não ser o fim? Poderia haver mais desta vida, ou quem sabe da outra vida?

Do premiado autor Patrick Ness, o mais perturbador romance Young Adult do nosso tempo.

Editora: Novo Conceito | Número de páginas: 432 | Adicionar: Skoob 


Em Novembro de 2016 a Editora Novo Conceito lançou Sete Minutos Depois da Meia-Noite, de Patrick Ness. Com boas críticas não fiquei surpresa ao ver mais um livro de Patrick no cataloga da Novo Conceito. 

Mais do que isso chegou às livrarias do Brasil em Abril e movida pela curiosidade apostei nesta leitura. Fico feliz em informar que não me arrependo. Apesar de ser uma aposta no escuro, me surpreendi não só com esse enredo incrível, as habilidades de Patrick Ness para aprofundar os questionamentos que surgem no enredo refletem tão intensamente ao leitor que ao final da leitura fiquei perplexa.

"Você nunca sentiu que deve haver mais? Como se houvesse mais em algum lugar distante, pouco além do alcance, se ao menos você pudesse chegar lá?"



Narrado em terceira pessoa e dividido em quatro partes em Mais do que isso acompanhamos Seth em sua busca por respostas.

"(...) O impacto é bem atrás de sua orelha esquerda. Fratura o crânio, rachando-o ao meio até o cérebro, a força do impacto também esmagando a terceira e quarta vértebras, danificando a artéria cerebral e a coluna vertebral, um ferimento sem volta, sem recuperação. Sem chance. Ele morre."

Existe vida após a morte?

Tal questionamento não possou pela mente de Seth, um jovem de dezessete anos, enquanto cometia suicídio por afogamento, mas no momento que ele sente que a morte se aproxima sem ao menos saber o porquê ele clama, silenciosamente, por ajuda. E inexplicavelmente algo inesperado acontece. Ele acorda.

Seth acorda no inferno ou pelo menos é o que acredita que seja.

Desorientado e sedento de sede Seth acorda nu e com o corpo cheio de bandagens na calçada de uma casa. Ele tem a leve impressão de saber onde está, só que misteriosamente ele não se recorda, e sempre que tenta sua mente parece bloquear, repelindo suas lembranças, o alertando de algum modo sobre algo. 

No bairro onde se encontra está tudo abandonado como se há muito tempo tivesse sido desabitado. Mas o que é mais estranho é que a casa onde esta parado em frente parece que está convidado-o para entrar. Sem alternativa, ele entra. Não há ninguém, nada além de móveis velhos e muita poeira. Ele está sozinho.

Conforme o tempo passa Seth explora o bairro e descobre o que já desconfiava. Todas as casas da vizinhança estão abandonadas, não há ninguém nas lojas, no supermercado ou mesmo na estação de trem. Se esse lugar não é o inferno, é sem dúvida o seu pior pesadelo.

Quando Seth descobre onde está isso o aterroriza mais profundamente, a culpa passa a ser sua única companhia. Cada vez que fecha os olhos, sonhos que mais parecem pesadelos o faz lembrar de suas melhores e piores lembranças... Nesses momentos ele tem a certeza, é o inferno. Ele morreu. Ele recorda que morreu, como morreu e porquê morreu.

Em meio ao desesperado, a solidão e talvez até mesmo ao ápice da loucura novamente alguém parecer ouvir as suas súplicas silenciosas. E inexplicavelmente novamente algo inesperado acontece. Ele não está sozinho.

"Isto não é o inferno, não, Senhor Vocês Não Estão Aqui Então Espero Que Não Liguem Se Eu Matar Vocês. Tudo do que está se lembrando, tudo com que está sonhando, cada pedacinho idiota da vida que se lembra de ter vivido? Aquilo era o inferno."


Quando terminei a leitura de Mais do que isso a vontade de que tive foi de sair pela rua e gritar, gritar e gritar. Este é um livro capaz de deixar qualquer um insano. Ele é sem dúvida um dos livros mais bizarros eu já li. Impressiona pelo o suspense, e mistérios. Seu enredo nos desafia, sentir a todo momento que eu estava sendo desafiada e principalmente que Patrick Ness de uma forma desafiou a minha inteligência desde o princípio. 

Mistério, drama, romance, terror ou mesmo romance psicológico Mais do que isso é uma mistura de diversos gêneros literários, apesar de ser uma ficção científica. Patrick Ness comprova que possui o talento de escrever com maestria. 

Você também pode gostar

0 (Comentários Desativados)

PARCEIROS 2016

PUBLICIDADE