Nova adaptação de O Diário de Anne Frank

terça-feira, março 22, 2016


Após diversas adaptações no teatro, cinema e televisão, surge o primeiro filme biográfico alemão que mostra o infeliz destino de Anne Frank.

O longa estreou na Berlinale, o Festival Internacional de Filmes de Berlim, e consideram-no também uma forma de “contribuir com uma atitude mais positiva em relação aos refugiados“, declarou Fred Breinersdorfer, roteirista do filme.



O filme “Das Tagebuch der Anne Frank” (“O diário de Anne Frank”) por Hans Steinbichler foi exibido em uma sessão paralela à competição oficial, e relata a situação perigosa em que Anne e sua família estão vivendo com a ocupação nazista na Holanda. Para evitar a deportação, eles se escondem em um “anexo secreto” na parte traseira de uma casa em Amsterdã. Logo suas vidas se tornam uma existência claustrofóbica entre a rotina diária e a ameaça de serem descobertos, entre festas de aniversários e o pensamento que uma bomba pode cair a qualquer instante sobre suas cabeças.

Todos esses momentos foram escritos pela jovem Anne em seu diário, desde seus medos, desejos e tudo o que ela vê por trás das portas e cortinas fechadas.

Foram vendidos mais de 30 milhões de exemplares de seu diário, e nessa nova adaptação a jovem Lea van Acken, de dezesseis anos, interpreta com muito orgulho uma Anne Frank no auge da adolescência.



A atriz alemã, em uma declaração ao jornal alemão Bild, diz ter relido a obra profundamente para conseguir melhor entrar no papel. “Simplesmente não podia embarcar. Senti de repente que era arrogante de minha parte tentar me colocar no seu lugar“, disse ela.

A partir de então Lea passou a escrever cartas para Anne onde dizia coisas sobre ela, para que conseguisse fazer o papel da forma esperada.


Você também pode gostar

0 (Comentários Desativados)

PARCEIROS

Fãs do Blog

Seguidores (2342) Próxima

PUBLICIDADE