Frankenstein, de Mary Shelley | #DarkSide2016‏

quarta-feira, março 09, 2016



Mulheres como Mary Shelley inspiram. Revolucionam. Dão vida a tudo. E merecem destaque. A DarkSide® Books prepara uma edição digna da obra-prima de Mary Shelley para o segundo semestre de 2016.





FRANKENSTEIN é o primeiro título da coleção Medo Clássico DarkSide®. E uma homenagem a todas as as autoras, leitoras e mulheres que transformam diariamente o mundo.


Sabe do que elas são capazes? Que tal mudar a história da literatura e deixar um legado que segue influenciando a arte e a cultura pop 200 anos após sua criação? Mary Shelley tinha apenas 19 anos quando escreveu Frankenstein, marco do terror e da ficção científica.

Empoderada desde o berço, Shelley era filha de ninguém menos que Mary Wollstonecraft, a autora do primeiro tratado feminista da história, “A Reivindicação dos Direitos da Mulher”, de 1792! Mary Shelley foi uma estudiosa de filosofia e ciências, além de defensora do amor livre – 150 anos antes de Woodstock.





 A princípio, tratava-se de um pequeno conto sobre um jovem estudante suíço que ambicionava criar um ser ideal, injetando vida a um corpo morto. Mais tarde, transformado em romance, tornou-se um marco na literatura do gênero. Frankenstein ou o Moderno Prometeu (Frankenstein; or the Modern Prometheus, no original em inglês), mais conhecido simplesmente por Frankenstein, é um romance de terror gótico com inspirações do movimento romântico, de autoria de Mary Shelley, escritora britânica nascida em Londres. O romance relata a história de Victor Frankenstein, um estudante de ciências naturais que constrói um monstro em seu laboratório. Mary Shelley escreveu a história quando tinha apenas 19 anos, entre 1816 e 1817, e a obra foi primeiramente publicada em 1818, sem crédito para a autora na primeira edição. Atualmente costuma-se considerar a versão revisada da terceira edição do livro, publicada em 1831, como a definitiva. O romance obteve grande sucesso e gerou todo um novo gênero de horror, tendo grande influência na literatura e cultura popular ocidental.  - EM BREVE.


Você também pode gostar

0 (Comentários Desativados)

PARCEIROS

Fãs do Blog

Seguidores (2342) Próxima

PUBLICIDADE