Companhia das Letras lançará em Agosto, Coração Azedo, de Jenny Zhang


Nesta aclamada coleção de contos, Jenny Zhang constrói um retrato franco e subversivo da experiência de imigrantes asiáticas nos Estados Unidos. Eleito um dos melhores livros de 2017 por The New Yorker e The Guardian.




“Obsceno, lindo, pungente… A surpreendente coleção de contos de Jenny Zhang combina técnica engenhosa a uma franqueza emocional [...] com frases únicas, que variam da beleza esmagadora à dor abjeta.” — The New Yorker

Centradas em uma comunidade de imigrantes que trocaram a vida ameaçada na China e em Taiwan pelos percalços da Nova York dos anos 1990, as histórias que compõem Coração azedo examinam questões de família, sexualidade, identidade e gênero a partir do ponto de vista de narradoras marcadas por seu passado, que lutam para se definir e descobrir quem são.

Seja a jovem tentando entender o papel de sua avó na Revolução Cultural, a filha lutando para estabelecer o limite entre ela e sua família, ou a garota que se dá conta do poder de seu corpo, Jenny Zhang constrói um retrato cru e poderoso de uma realidade brutal, onde ser imigrante — e mulher — tem um custo alto a ser pago.

Selecionado por Lena Dunham como o primeiro livro de sua coleção editorial, Coração azedo é uma expressão sombria, crua e íntima sobre o que significa pertencer a uma família, encontrar sua casa, deixá-la, rejeitá-la e enfim retornar a ela.

Vencedor do Los Angeles Times Book Prize e do PEN/Robert W. Bingham Prize para ficção estreante. Finalista do New York Public Library’s Young Lions Fiction Award. Escolhido um dos melhores livros do ano por The New Yorker , The Guardian , Esquire , New York Magazine , National Public Radio , Nylon ,O: The Oprah Magazine e BuzzFeed.


Data de Lançamento: 17/08/2018 | Número de Páginas: 336
Comprar: Amazon, Saraiva

Compartilhar:

0 (Comentários Desativados)