Não se preocupe com as competências e habilidades do Enem

Estudar e se preparar para uma prova importante como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não é tão fácil quanto parece. Além da quantidade de horas e da dificuldade do exame, vários outros fatores, rotineiramente esquecidos por muitos, são decisivos para uma preparação realmente eficaz.
O intuito deste artigo é justamente destacar um desses fatores. Afinal, o que realmente os participantes do Enem devem estudar para arrebentar no exame? Embora essa pergunta pareça estranha, percebemos que muitos conseguem sequer identificar para onde seus estudos precisam ser focados.
Na mídia que envolve o Enem, dois termos muito utilizados confundem (e muito!) os estudantes. As competências e habilidades do exame.
Primeiramente vamos explicar o que são: As competências consistem na capacidade do estudante de dominar a norma culta da Língua Portuguesa, compreender fenômenos naturais, enfrentar situações-problema, construir argumentações consistentes e elaborar propostas que atentem para as questões sociais. Cada competência é formada por um conjunto de “habilidades”, que seriam a demonstração prática dessas competências.
Vamos dar um exemplo de uma competência (e suas habilidades) da área de ciências da Natureza e suas tecnologias para que você entenda melhor:
Competência de área 5 – Entender métodos e procedimentos próprios das ciências naturais e aplicá-los em diferentes contextos.
H17 - Relacionar informações apresentadas em diferentes formas de linguagem e representação usadas nas ciências físicas, químicas ou biológicas, como texto discursivo, gráficos, tabelas, relações matemáticas ou linguagem simbólica.
H18 - Relacionar propriedades físicas, químicas ou biológicas de produtos, sistemas ou procedimentos tecnológicos às finalidades a que se destinam.
H19 - Avaliar métodos, processos ou procedimentos das ciências naturais que contribuam para diagnosticar ou solucionar problemas de ordem social, econômica ou ambiental.

Agora o questionamento que nos motivou para a elaboração deste artigo: O que ajudou o aluno conhecer a competência acima e suas respectivas habilidades?
A resposta pode assustar muita gente. Nada! Absolutamente nada!
As competências e habilidades devem ser analisadas e utilizadas por professores e educadores, no intuito de direcionar seu trabalho para o Enem.
Por isso, caso esteja se preparando para o exame, não precisa se preocupar com as competências e habilidades. Basta perguntar para alguém que já prestou e mandou bem no Enem. Talvez esse estudante nem soubesse que elas existissem!

Então o que devo estudar?

Simples. Conheça os conteúdos exigidos, estude suas respectivas teorias e, a dica principal, resolva as provas anteriores do próprio exame (clique e saiba como!).
Sabemos que esse não é um caminho fácil. Mas certamente é o mais eficiente, pois estará automaticamente aperfeiçoando as competências e habilidades que serão cobrados na hora da prova.

Compartilhar:

0 (Comentários Desativados)