Divulgando | Liberdade, de Andrea Portes


Entre sentimentos inesperados, lealdades compradas e a máfia russa, a jovem espiã Paige tem que decidir se vale a pena acreditar em heróis, - e descobrir se, talvez, ela poderá ser também um deles. 

Paige Nolan é uma jovem fora do comum: fluente em vários idiomas, faixa preta em diversas categorias de luta e dividida entre três namorados (para que se prender a apenas um?). Mas ela também tem um lado cínico... Afinal, seus pais são ativistas pelos direitos humanos, jornalistas acostumados a denunciar desmandos de ditadores e coisas do tipo. Por isso mesmo, ela devia saber que bancar a heroína numa lanchonete no meio do nada ia acabar mal. Agora ela está sendo cortejada por uma agência de espionagem superconfidencial. A missão? Resgatar Sean Raynes, um dos heróis de Paige, agora vivendo na Rússia.

Ciente dos interesses ocultos de governos e corporações mundiais, dificilmente ela gostaria de trazer do exílio o homem responsável por expor as técnicas inconstitucionais de espionagem usadas pelo governo americano. Apesar de metade do país o considerar um traidor. O problema é que a agência — e o espião megagato Madden Carter — tem informações privilegiadas sobre os pais da garota. Os mesmos pais que ela acreditava terem morrido no interior da Turquia, ao perseguir uma denúncia sobre terroristas ameaçando freiras indefesas...

DATA DE LANÇAMENTO: 09/04/2018 | NÚMERO DE PÁGINAS: 336

Compartilhar:

0 (Comentários Desativados)