Resenha | Caraval (Caraval - Vol.1), de Stephanie Garder - Cantinho da Leitura

Resenha | Caraval (Caraval - Vol.1), de Stephanie Garder

26.4.17


Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta.

Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.

Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-lo está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.

O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Editora: Novo Conceito | Número de Páginas: 352 | Adicionar: Skoob

A Editora Novo Conceito lançará em Junho, Caraval o primeiro volume da duologia de Stephanie Garber. Como somos parceiros do Grupo Editorial Novo Conceito este ano tivemos a honra de apresentar a vocês a obra antecipadamente, aos ansiosos, informo que Caraval já se encontra em pré-venda nas principais lojas onlines do Brasil.


Quando fui apresentada a Caraval, quase que de imediato me lembrei de The Night Circus de Erin Morgensten, um romance cujo o enredo apresenta um circo, porém após terminar a leitura de Caraval percebi meu erro, as semelhanças entres as obras se restringe somente a magia e os encantamentos de um circo misterioso.


Em Caraval somos apresentados a Scarlett, e sua irmã, Doratella, que sempre viveram em uma pequena ilha chamada Trisda. Sob tutela de seu carrasco pai, Scar tem a esperança de ter uma vida melhor e com menos punições severas casando-se com um Conde.

Mas seu futuro muda sem ao menos imaginar quando finalmente recebe uma resposta do Mestre de Caraval.

O sonho de Scar e Tella desde pequenas fora conhecer o lendário Caraval, um circo onde o público tem uma oportunidade única de participar. Com a carta de resposta, o Mestre de Caraval enviou três ingressos. Para Scar, seu noivo, o Duque, e Tella. Os três são convidados a participar de um misterioso jogo, onde o ganhador terá como prêmio um desejo.

O problema é que o jogo se inicia dias antes do casamento de Scar, e seu pai nunca iria autorizar a saída delas da ilha. Temendo uma punição, a irmã mais velha, Scarlett, decide ignorar o convite.

Mas a jovem Tella - inconformada com a decisão da irmã - com a ajuda de Julian, um misterioso marinheiro, sequestra Scar e partem para à Irla de los Sueños. A Ilha particular de Lenda, o Mestre de Caraval.

Ao chegarem à ilha dos sonhos, Scar não poderia ter ficado mais deslumbrada, e entusiasmada. Porém, apesar do encantamento ao chegarem à Ilha percebem que Tella desapareceu. Desesperada à procura da irmã, Scar e Julian, terminam participando na Irla de los Sueños, de um misterioso jogo organizado por Lenda, o Mestre de Caraval.

"- Bem-vindos, bem-vindos ao Caraval! O maior espetáculo na terra ou no mar. Aqui vocês conhecerão mais maravilhas do que a maioria das pessoas vê em toda uma vida. Poderão beber magia numa taça e comprar sonhos engarrados. Mas, antes que entrem no nosso mundo, devem recordar que tudo é um jogo. O que acontece atrás destes portões pode assustar ou encantar, mas não deixem que nada os engane. Tentaremos convencer vocês de que é real, porém tudo é teatro. Um mundo feito de faz de conta. Então, apesar de querermos vê-los arrebatados, cuidado; não se deixem levar longe demais. Os sonhos de que se realizam podem ser belos, mas também podem se tornar pesadelos quando as pessoas acordam."


Um mundo original. Uma competição lendária. Um romance inesquecível. Um vínculo inquebrável entre duas irmãs.

Caraval é uma história surpreendente, nos tira o fôlego, apresenta tudo o que promete, e lhes digo, não decepciona. 

A história é narrada durante cinco dias, e cria um enredo repleto de magia e mistérios prontos para serem desvendados. O que é fascinante neste livro é as sensações que ele nos faz sentir, normalmente é essa a magia do circo, é encantador, deslumbra mas é perceptível um mistério em torno dos interpretes e ambiente. Dá para sentir o quão é deslumbrante e assombroso, e isso transborda pelas páginas de Caraval. É fascinante! 

A respeito dos personagens, Scarlett, é a personagem que mais me afeiçoei. Notar o quão desesperada se encontra pra encontrar um refúgio seguro para viver com sua irmã mais nova me deixou muito emocionada e admirei sua determinação, apesar de todos os seus receios ela sempre estava disposta a correr o risco. Julian, o misterioso marinheiro, não conseguiu chamar a minha atenção. É um personagem que desde o início não se sabe quem é e qual é a sua história, apesar de mostrar-se corajoso e obviamente ser muito atraente, não conseguiu minha simpatia, acompanhá-lo de certa forma me incomodou. Lenda, o personagem mais misterioso é só simplesmente misterioso, é uma figura impressionante e assim como Caraval, sombrio. 

Somos apresentados a outros personagens, mas somente um deles me deixou bastante curiosa que foi o Duque, noivo de Scarlett. Ele além de ser misterioso, assim como todos os personagens, deixou suas intenções ocultas, suas passagens no enredo foram muito evasivas. Anseio conhecê-lo mais no próximo volume.

No geral Caraval, é um livro que fascina o leitor muito facilmente pela simplicidade e magia presente na escrita de Stephanie Garder. Esse universo de Caraval é inigualável!

Você também pode gostar

0 (Comentários Desativados)

PARCEIROS 2016

Fãs do Blog

Seguidores (2447) Próxima

PUBLICIDADE