Julho | Lançamentos da Editora Sextante

sexta-feira, julho 01, 2016




Há dois caminhos na vida: o caminho da segurança e o da paixão. Sempre encontramos essa encruzilhada. E, todos os dias, fazemos uma escolha.


Que escolha você tem feito?

Cada um de nós tem um potencial único que nos foi dado ao nascer, mas se vamos cultivá-lo ou não depende apenas de nós mesmos. Em seu sentido mais puro, a paixão é a razão por estarmos aqui – e escolher segui-la é a jornada mais importante da nossa vida.


“O entusiasmo contagiante de Elle vai inspirar você a fazer a coisa mais ousada que puder na vida: ser quem você é de verdade.” – Evan Williams, cofundador do Twitter e fundador do Medium

“Como transformar o fogo interior em combustível para a felicidade é o que a designer Elle Luna explora em seu livro, um manifesto ilustrado, inteligente e empolgante.” – Maria Popova, criadora do site Brain Pickings

LANÇAMENTO: 01/07/2016 | NÚMERO DE PÁGINAS: 176



Uma saga em 101 vidas.

Você vai conhecer os grandes construtores do Brasil.

Desde o primeiro homem a desembarcar de um navio, em 1500, e conviver com os habitantes da floresta tropical, até figuras notáveis dos dias de hoje que empreenderam o desafio de viver na primeira sociedade multiétnica do planeta. Fizeram uma grande história.

Uma leitura surpreendente e imperdível.

“Cinco séculos depois, o Brasil continua um mistério – pelo menos semântico. O fato é que, como marujos em meio ao nevoeiro, ninguém sabe ao certo o que Brasil quer dizer – nem mesmo se é com o S habitual ou com um Z ancestral.

Talvez seja nessa dubiedade que se encontre a gênese do Brasil e seu duplo — essa espécie de síndrome que justapõe o país real ao país imaginário. O lugar onde os clichês se despedaçam e no qual o “país de contrastes” vira o país das contradições, onde a pátria do homem cordial transborda em discórdia e o suposto caldeirão que mistura todas as cores e raças mais parece um liquidificador — como se a aquarela do Brasil fosse um borrão abstrato.

" Caldeira é o guia ideal nessa aventura pelas grandes veredas desses sertões, pelas vias dos confins, pelas veias abertas. Afinal, ele é o homem que nos reapresentou Mauá, o empresário do Império, sujeito que a história oficial achou por bem esquecer. Caldeira também concebeu a magistral coleção Formadores do Brasil, resgatando do mesmo injusto esquecimento os homens que construíram esta nação — desde o rascunho.” – Eduardo Bueno

LANÇAMENTO: 01/07/2016 | NÚMERO DE PÁGINAS: 232


Em 1548, com a derrocada das capitanias hereditárias, Portugal decidiu estabelecer um Governo-Geral no Brasil. No ano seguinte, o militar Tomé de Sousa desembarcou na Bahia, acompanhado por burocratas, funcionários públicos, soldados e degredados. Sua missão era construir a primeira capital da colônia, a Cidade do Salvador, e, a partir dali, estabelecer a lei e a ordem em todo o território.A cidade – erguida em regime de empreitada, com licitações fraudadas e obras superfaturadas – de fato foi construída. Mas a lei e a ordem não fixaram residência ali. Pelo contrário: a desordem e a ilegalidade se tornaram a regra, não a exceção.

Com a substituição do rígido Tomé de Sousa pelo corrupto Duarte da Costa, o que já estava ruim ficou pior. E, assim, o destino do Brasil seguia em rumo incerto – com os franceses, desde 1555 instalados no Rio de Janeiro, a um passo de se tornarem seus novos colonizadores.

Ao mergulhar no cotidiano de uma sociedade marcada pela desigualdade, pelo desrespeito às leis, pelo uso do aparelho do Estado para obtenção de benefícios pessoais, pelo clientelismo e pela corrupção generalizada, este livro ajuda a desvendar a origem de algumas das mazelas que continuam minando o pleno desenvolvimento do Brasil.

“Ao ler, me senti cumprindo uma obrigação – de saber das minhas raízes – com o maior prazer.” – Marília Gabriela, jornalista e atriz

“Ele conta história do jeito que deveria ser nas escolas: sem aquele monte de datas para decorar.” – Drauzio Varella, médico e escritor

LANÇAMENTO: 11/07/2016 | NÚMERO DE PÁGINAS: 288


Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre.

Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo. 

Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor – e a certeza de um novo começo!

"Eu achava que o amor existia, mas não era pra mim. Você foi a prova que eu estive errado por muito tempo!" – Matheus Rocha

LANÇAMENTO: 18/07/2016 | NÚMERO DE PÁGINAS: 176


Filho de mãe peruana e pai polonês, Alexi Lubomirski cresceu em Botsuana e na Inglaterra. Aos 11 anos, ficou sabendo de sua herança ancestral e sua linhagem aristocrática polonesa. Descobriu que era um príncipe de verdade.

Mas o que significa ser um príncipe nos dias de hoje?

Para Alexi, a nobreza é mais que um título: é um estado de espírito, um conjunto de atitudes, um estilo de vida baseado na verdade, na integridade e na generosidade.

Escrito originalmente como um presente de aniversário para seu primogênito, Conselhos para um jovem príncipe reúne ensinamentos universais e atemporais sobre diversos assuntos, do romance à espiritualidade, passando por boas maneiras e cavalheirismo, amor, equilíbrio e liderança.

“Este pequeno livro está cheio de ensinamentos maravilhosos e lembretes importantes sobre o que devemos ter no coração. São lições essenciais para os príncipes e princesas do mundo de hoje. Compartilhe-as com a família, os amigos e as crianças. Todo esse amor será lembrado por muitos anos e influenciará as próximas gerações.” – Vanity Fair

LANÇAMENTO: 18/07/2016 | NÚMERO DE PÁGINAS: 120


Você também pode gostar

0 (Comentários Desativados)

PARCEIROS

Fãs do Blog

Seguidores (2342) Próxima

PUBLICIDADE