Resenha | P.S Ainda amo você de Jenny Han

terça-feira, janeiro 12, 2016



" Eu gosto tanto de você e não sei o que fazer sobre isso. Meu coração bate tão rápido quando sei que estou prestes a vê-lo de novo. E então, quando você me olha daquele seu jeito, eu me sinto a garota mais sortuda do mundo. "


Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito dela, muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.Em "Para todos os garotos que já amei", Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em "P.S.: Ainda amo você", Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam.

Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois.

Editora: Intrínseca | Páginas: 304 | Ano: 2016


Ano passando conheci a escrita de Jenny Han e Para todos os garotos que já amei foi uma das melhores leituras que conheci e inclusive foi marcado como livro favorito e P.S Ainda te amo é a sua sequência. Felizmente a autora confirmou mais um volume na história de Lara Jean e Peter Kavinsky com  Always  and forever, Lara Jean que está previsto para Abril de 2017.

Foto: Meninices da Vida

P.S Ainda amo você dar continuidade onde terminou Para todos os garotos que já amei no momento exato e desta vez Lara Jean terá que fazer escolhas e conviverá com suas consequências. Após o termino com Peter.K, Lara se reconcilia com sua irmã Margoh e deixa claro quais seus sentimentos com o Josh. Novos conflitos surgem e um antigo amigo retorna deixando Lara confusa sobre seus sentimentos e muitas verdades são reveladas e algumas mentiras são ditas, e boatos são espalhados mais uma vez.

É perceptível o clima tenso que foi deixado sobre este enredo, como fã do casal a todo instante eu quis muito o final deste livro e por momentos meu coração quase parou pois Jenny Han foi intensa ao fazer nos ver tantos conflitos e as reações dos personagens em resolvê-los. Sabe aquela expressão popular " coração na mão ", pois foi exatamente assim que eu fiquei durante está leitura, foi realmente um divisor de águas e temi muito que o final me entristecesse. 

Lara Jean é muito jovem e no em minha visão é ingênua, neste livro pela primeira vez ela estará vivendo uma piores fases na vida de um adolescente que são os conflitos de um relacionemto. Peter K. foi seu primeiro namorado e a experiencia surgiu de uma forma bastante conflitante e após o termino ela termina meio que tendo que tomar decisões difíceis com relação ao que quer para o seu futuro, e é com esta mente confusa que se próxima de um ex-colega, um dos garotos que durante a sua pré-adolescência se viu apaixonada. 


John Ambrose McClaren foi um dos cinco  garotos que Lara se apaixonou no passado. Quem leu o primeiro livro sabe que John dos cinco é o único garoto que realmente seus sentimentos foram mais fortes, diria que ele é especial e se ela tivesse uma oportunidade de escolha isto no passado ele teria sido o seu primeiro grande amor. 

A entrada de John neste romance foi um pouco engraçada, e me irritou um pouco. Ele é um personagem repleto de qualidades e super carismático, porém não estou à procura de um personagem perfeito para amar - não foi por isso que me apaixonei por está história -  e Lara Jean um pouco diferente de mim se sente super atraída por suas qualidades e atitudes de cavalheiro, definitivamente se John tivesse aparecido em uma outra ocasião sem dúvida séria o personagem mais amado desta série.  Este foi um livro que dividiu os fãs do casal, Peter e Lara, John chegou e causou encantamento e uma comoção enorme, muitas críticas e elogios foram redirecionados a Jenny Han. 

Particularmente, eu não desejei que outro garoto surgisse no romance e afetasse está relação que é tão delicada. Não aprecio triângulos amorosos e tenho pavor de personagens confusas. Mas, eu amo tanto a escrita de Jenny Han que ela consegue me atrair mesmo que neste volume tenha tantos pontos que não me agradam.




Foto: Meninices da Vida


O final deste livro foi muito vago e deixou a imaginação, e eu temendo que este romance que tanto conquistou os leitores ao redor do mundo temendo que esse encantamento desapareça por um final desagradável não gostaria que houvesse um terceiro volume, pois conheço diversos romances que assim terminaram e resta para nós leitores imaginamos o que pode ter acontecido com cada um de seus personagens. Isso faz parte e se o autor prefere desta forma, eu apoio, pois é melhor deixar a nossa imaginação que de uma forma parta nossos corações com um final que pode nos decepcionar. Felizmente, o final de P.S Ainda te amo é muito satisfatório para mim, a minha imaginação fui além do ponto final e eu gosto disso, gosto de ter poder para dar uma continuação ao que já foi nos revelado. 


"(...) Você pode quebrar o meu coração. Faça o que você quiser com ele." Coloco minha mão em seu peito, acima de seu coração. Posso senti-lo batendo. Deixo minha mão cair. Seu coração é meu, somente meu. Eu acredito agora. Meu para proteger e cuidar, meu para quebrar.


Jenny Han me presentou com esse romance, as vezes nós leitores estamos tristes e desmotivados a continuar a ler e em um desses momentos reencontrei meu amor pela leitura em Para todos os garotos que já amei. São livros assim, leves e delicados que fazem nos lembrar porque amamos tanto livros, isso me dá esperança, alegra minha alma. 

Você também pode gostar

0 (Comentários Desativados)

PARCEIROS

Fãs do Blog

Seguidores (2342) Próxima

PUBLICIDADE